O acervo é composto de obras originais de Thomaz  Perina, doadas em vida pelo artista  ao Instituto.

Aproximadamente 4000 peças compõem um raro e vasto registro  sobre o processo criativo de Perina, resultado de mais de seis décadas de intensa pesquisa e muito trabalho.

150 telas de diferentes  técnicas, datadas da década de 1940 a 2009.

3200 estudos em papel, registram de maneira nostálgica e poética as ruas do antigo bairro da Vila Industrial onde o artista nasceu e sempre residiu.

Os cenários das ferrovias com elementos saudosos e figuras do cotidiano, fazem parte desses estudos em papel.

Desenhos de anotação, esboços e séries de paisagens, são trabalhos que  estão preservados no acervo, e documentam a pesquisa do artista em busca da síntese da  “Paisagem”, título  que  Perina  deu à sua obra  em quase toda a sua trajetória artística, e  declarou:  “ eu quero o mínimo pra falar”.

620 obras em papel concebidas entre 1980 a 2009, retratam a “Paisagem” criada pelo artista, numa linguagem contemporânea.

Livro de Artista - “Livrão”, criado e organizado por Thomaz Perina é composto de 614 colagens de documentos e fotos datados de 1925 a 1999. Totalmente restaurado está disponível à visitação e pesquisa, junto com as demais peças que compõem o acervo, na sede do instituto.

Fechar Menu